Descubra Maraú

A Península de Maraú, mais conhecida como apenas Maraú, é um recanto costeiro incrivelmente bacana e variado que fica na área central do litoral baiano, cerca de 200 quilômetros ao sul de Salvador e pouco mais de 100 quilômetros ao norte de Ilhéus. O primeiro passo para uma boa estadia é entender a geografia local, a península separa a Baía de Camamu do Oceano Atlântico e, devido a seu isolamento, compreende um santuário ecológico repleto de lagoas, piscinas naturais, restingas, arrecifes, manguezais, cachoeiras, trilhas e, claro, praias de encher os olhos - da primeira que é Algodões até a última, Ponta do Mutá, são 25 quilômetros de costa.
   
Com 7 quilômetros de extensão, a Praia de Taipu de Fora é o trecho mais badalado da península e tem cenário de filme: coqueirais, areias claras, Mata Atlântica preservada e córregos nativos que desembocam no mar. Contudo, a protagonista do local é a piscina natural, formada por arrecifes caprichosamente dispostos perto da orla. Na maré baixa, ela fica cheia de peixes e é um lugar ótimo para mergulho com snorkel.
  
Para atender os turistas, ela conta com algumas pousadas, casas de veraneio, alguns quiosques de artesanato e cabanas de praia servindo petiscos regionais e bebidas. E muito perto dali fica o Farol de Taipu, grande símbolo do destino. Com suas faixas brancas e vermelhas, está 80 metros acima do nível do mar e oferece uma bela visão 360 graus da região. A subida até lá é íngreme, mas dá para fazer o trajeto caminhando ou em quadriciclos de aluguel.
  
Já em Ponta do Mutá, a faixa de areia clarinha, com mar supercalmo, lota de gente no fim de tarde, para apreciar aquele que muitos chamam de o pôr- do- sol mais lindo da Bahia. Vale lembrar que isso só é possível porque ela está na ponta da península e essa praia se volta para o continente, no oeste.
  
E em relação às lagoas de Maraú, uma das mais belas é a Lagoa do Cassange. Com aproximadamente três quilômetros de comprimento e 500 metros de largura, ela ostenta águas límpidas, plácidas e muito vento -– o que a torna ideal para esportes a vela. Em alguns pontos, fica a apenas 100 cem metros do mar, ou seja, está pertinho da Praia do Cassange
  
Contudo, vale lembrar que a estrutura do litoral desse pedacinho da Bahia geralmente consiste, apenas, em algumas pousadas  - o ar pitoresco é justamente o grande atrativo. O mais próximo de um cenário urbano é o centro de Maraú, com apenas 20 mil habitantes. Ele é um vilarejo de pescadores, muito simples, que foi fundada em 1717.
  
Ela reúne alguns marcos históricos interessantes, como a Igreja de São Sebastião, construída em 1855 pelos frades italianos (primeiros habitantes do local), com acervo de objetos e imagens sacras. Além disso, a cidade tem relevo intrincado, uma espécie de penhasco debruçado sobre a água, e isso permite aos visitantes fazer belas fotos do estuário do Rio Maraú, a partir do Mirante da Cidade Alta.
 
Há ainda alguns pequenos povoados ao longo dos 40 quilômetros que compõem a  península e, dentre eles, o destaque é a charmosa vilazinha de Barra Grande, no extremo norte. Ela abriga diversas opções de hospedagem, bares e restaurantes. O movimento local está concentrado, principalmente, na Praça da Tainha.   

Galeria de Imagens

Melhor época para viajar

A Península do Maraú é daqueles destinos que podem ser visitados em qualquer estação do ano, com temperatura média de 25°C. O período de chuvas é entre abril e julho.   

Como chegar

A opção ideal e mais comum entre os visitantes é chegar pelo Aeroporto de Ilhéus - Jorge Amado, que está a cerca de 130 quilômetros de distância. O restante do trajeto até as praias de Maraú pode ser feito de carro alugado ou serviço de traslado. As estradas até lá têm bom estado de conservação e sinalização, mesmo o trecho que não conta com pavimentação.  

Onde ficar

As principais praias da Península de Maraú contam com pousadas, casas de veraneio e, em alguns casos, propriedades mais sofisticadas. A de Taipu de Fora, por exemplo, tem boas opções pertinho do mar. Já a vila de Barra Grande é uma opção um pouco mais movimentada, com alguns dos principais bares e restaurantes do destino.  

Dica do especialista

Como Maraú compreende uma extensa faixa litorânea, vale a pena alugar um carro para conhecer suas diferentes praias e outras atrações turísticas. Assim, o viajante tem mais liberdade - e praticidade - para explorar o destino, principalmente se estiver viajando em grupo. 

Saiba como chegar
 
Cadastre-se em nossa Newsletter
OK
Cancelamento Gratis

Cancelamento Grátis

Consulte condições

Atendimento Whatsapp

Fale Agora

WhatsApp

(21) 99971-2120

Seg-Sex 9h às 18h

Voltar ao Topo
Fechar