Descubra Curaçao

Curaçao é uma ilha de pouco mais de 400 quilômetros quadrados, quase com a mesma área que Florianópolis. Apesar de pequena no tamanho, é um destino muito importante da América Central, bem perto de Aruba, afinal ela combina aquelas praias que só o Caribe é capaz de oferecer com o rico legado cultural dos seus colonizadores holandeses, daí o apelido Holanda do Caribe.

O legado arquitetônico da época, com as casinhas coloridas perto da água, até lembram Amsterdã. O cartão-postal clássico é a via beira-mar Handelskade, na capital Willemstad. A cidade é dividida em duas áreas, a Punda e a Otrobanda, ligadas pela Ponte Rainha Emma – estrutura apoiada sobre botes liberada apenas para pedestres.

Punda é uma área comercial, com lojas de diversos segmentos, de artesanatos a eletrônicos ou porcelana. Por ali, também estão várias construções seculares e há fácil acesso para atrações culturais como o Museu Marítimo. Instalado em uma mansão do século 18, ele aborda mais de 500 anos da história marítima de Curaçao.
 
Já em Otrobanda, o museu Kura Hulanda mostra como a cultura local foi influenciada pelo povo africano, escravizado e levado ao destino pelos europeus durantes os séculos 17, 18 e 19. A região conta ainda com bons restaurantes e uma visão bem bonita de Punda.
  
Por outro lado, apesar da riqueza cultural de Curaçao, as protagonistas do destino são as praias. De fato, são quase 40 e a maioria delas tem águas cristalinas e tranquilas, ideais para quem quer relaxar, praticar snorkel e estar com crianças. Algumas delas chegam a ter cobrança de taxa para liberar o acesso, mas costuma valer a pena pela estrutura e beleza local. Prova disso é a Blue Bay Beach com bar, restaurante, parque infantil, ponto para mergulho e caiaque.

Outras praias bem populares são a Playa Kalki e a Jan Thiel Beach, ótimas para mergulho e snorkel. A segunda tem mais infraestrutura, além de área especial para crianças. A Praia Jeremi é uma alternativa para quem abre mão de serviços para ter mais tranquilidade e fugir um pouco do burburinho turístico. Por outro lado, para badalação, o point é a Seaaquarium Beach.
  
Pela privilegiada localização marítima, Curaçao foi alvo de muitos ataques, desde piratas a ataques de outras nações, entre elas a espanhola, francesa e britânica. Para se defender, os neerlandeses construíram fortes em posições estratégicas e alguns deles sobreviveram bem às batalhas e intempéries, hoje disputando apenas a atenção dos turistas. Dentre os destaques estão o Forte Amsterdã (1635), o Beekenburg (1703), o Rif (1828) e o Nassau (1797).
 
A gastronomia de Curaçao mistura o sabor de ingredientes do Caribe, rica em frutos mar, com os sabores da comida holandesa e da indonésia.  
  

Galeria de Imagens

Melhor época para viajar

Por conta da proximidade com a linha do Equador, Curaçao tem dias ensolarados o ano inteiro e a temperatura média é de 27oC. Entre outubro e fevereiro, aumentam as chances de chuvas, mas elas costumam ser ocasionais e acontecer à noite -  então, de qualquer forma, o dia da praia está garantido. 

Como chegar

A principal forma de chegar a Curaçao é desembarcar no Aeroporto Internacional Hato, na região central da ilha. A distância até a ponte Rainha Emma é 11 quilômetros, já até o Forte Beekenburg é preciso percorrer 20 quilômetros. Em relação às praias são 10 quilômetros para chegar a Blue Bay, 19 quilômetros para a Jan Thiel Beach e 32 quilômetros até a Jeremi.

Onde ficar

Quem quer ter fácil acesso aos points da vida noturna e da gastronomia de Curacao, a melhor opção é a capital Willemstad. O lado Punda é mais comercial e desenvolvido, mas Otrobanda também tem boas opções de hospedagem e o trajeto de um lado ao outro é relativamente simples. Outra opção é abrir mão do burburinho para ficar perto de praias como a Blue Bay e a Jan Thiel. 

Dica do especialista

Na sua viagem para Curaçao, vale a pena incluir no roteiro uns dias em Aruba. Cada destino tem suas próprias características, Curaçao tem mais personalidade, enquanto Aruba a cultura americana está mais presente. Apesar das diferenças, os dois destinos tem incomum praias paradisíacas e paisagens de tirar de o fôlego.  

Em Curaçao, a moeda oficial é o Netherlands Antillean guilder (ou florim antilhano), contudo não é essencial para os turistas: os dólares americanos são extremamente aceitos no destino, assim como cartões de crédito internacionais. 

Saiba como chegar
 
Cadastre-se em nossa Newsletter
OK
Cancelamento Gratis

Cancelamento Grátis

Consulte condições

Atendimento Whatsapp

Fale Agora

WhatsApp

(21) 99971-2120

Seg-Sex 9h às 18h

Voltar ao Topo
Fechar