Descubra Costa dos Coqueiros

O Litoral Norte da Bahia já é consagrado no turismo nacional como opção que combina tudo aquilo que se espera de uma temporada de férias na praia: mar delicioso, serviços impecáveis, gastronomia internacional e sossego. E na parte norte do Estado está a rota chamada Costa dos Coqueiros que sintetiza tudo isso: são 193 quilômetros, partindo da zona turística da Baía de Todos os Santos até a fronteira com o estado do Sergipe.
 
Quem quiser aproveitar o que há de melhor nesse pedacinho da costa brasileira, pode concentrar a viagem no trecho que vai do Aeroporto Internacional Deputado Eduardo Magalhães, em Salvador, e segue em direção à Costa do Sauipe, passando por áreas famosas, como a Praia do Forte, Guarajuba e Imbassaí. São ao todo 76 quilômetros percorridos pela BA-099, que ganha o nome de Estrada do Coco nos primeiros 50 quilômetros e depois passa a chamar Linha Verde.

Logo nos primeiros 25 quilômetros depois de deixar o aeroporto, vale a parada na Praia de Arembepe. Ótima introdução aos cenários dignos de cartão-postal que estão pelo caminho, tem um belo coqueiral beirando a areia da praia. O vilarejo ficou conhecido no final dos anos 60, quando um grupo de jovens fundou ali uma comunidade hippie no melhor estilo “paz e amor”. Com a passagem dos anos, o movimento virou lembrança, mas a área resistiu e pode ser visitada. Atenção especial para as cabanas rústicas de pedra, palha e madeira que servem de moradia, em muitos casos, para famílias inteiras.
  
Dali, vale esticar o passeio até Guarajuba, dez quilômetros adiante. Menos conhecida, mas com paisagens tão bonitas quanto as de suas vizinhas, é um dos destinos preferidos dos soteropolitanos para casas de veraneio. É por aqui, aliás, que está o Resort Vila Galé Marés, entre o mar e a Lagoa de Guarajuba, em um cantinho bem tranquilo.
  
Já a Praia do Forte, a 16 quilômetros de Guarajuba, é uma das protagonistas do Litoral Norte. Ela conseguiu atrair os olhares das grandes redes hoteleiras, como o Tivoli e Iberostar, que passaram a unir serviços de alto padrão com ações voltadas ao cuidado ambiental nas suas unidades locais. Além disso, esse balneário tem forte preocupação ambiental, sediando dois órgãos importantes para a fauna brasileira: o Projeto Tamar e o Instituto Jubarte.

O primeiro é responsável pelas tartarugas marinhas, monitorando o período de desova, de setembro a março. É muito legal, aliás, observar as tartaruguinhas andando em direção ao mar pela primeira vez. Outro passeio é ir até o Centro de Visitantes da Baleia Jubarte, o mamífero marinho migra para o litoral da Bahia para se reproduzir entre os meses de julho e novembro. O espaço conta com um esqueleto de 13 metros e anfiteatro onde acontece projeção de vídeos.
  
Depois dos programas eco-friendly, vale a pena explorar a avenida de paralelepípedo Antônio Carlos Magalhães (ACM). Ao longo da principal via da Vila da Praia do Forte, há diversas lojinhas de produtos de praia ou artesanato, boutiques, bares e restaurantes. Outro passeio divertido e mais cultural é o Castelo Garcia D'Ávila. Apesar do nome, ele está em ruínas e é, na verdade, uma grande casa do século 16 que serviu de morada ao fidalgo que gerou seu nome.
  
Compartilhando a fama da sua vizinha, Imbassaí está a 10 quilômetros da Praia do Forte, mas tem atrativos próprios e únicos: aqui, o Rio Imbassaí corre paralelo ao mar, sendo separados por dunas e um coqueiral. Contudo, em um determinado trecho, eles se encontram para alegria dos banhistas. Além disso, um grande atrativo local é a presença do Resort Grand Palladium Imbassaí, que fica a dois quilômetros da vila.
  
Um pouco mais distante está o Complexo Costa do Sauípe, com pousadas e hotéis. A 20 quilômetros de Imbassaí, é praticamente uma minicidade com diversos restaurantes e uma invejável estrutura de lazer. Em comum, todos os hóspedes podem usufruir da Vila Nova da Praia, que, diariamente, vira palco para shows musicais e de dança, mostras de artistas plásticos, oficinas de artesanato e uma atração diferente a cada noite. 

Galeria de Imagens

Melhor época para viajar

O litoral da Bahia tem clima tropical, quente e úmido, com tempo firme e temperaturas constantes na maior parte do ano. Durante o verão, os termômetros geralmente ficam acima da casa dos  30oC. Os meses mais chuvosos são entre maio e julho, mas costumam ser pancadas rápidas e logo o sol volta a aparecer. 

Como chegar

A Costa dos Coqueiros está no norte da Bahia e compreende 193 quilômetros, partindo da zona turística da Baía de Todos os Santos até a divisa com Sergipe. Contudo, parte do trecho mais popular entre os turistas é o que vai do Aeroporto Internacional Deputado Eduardo Magalhães, em Salvador, e segue em direção à Costa do Sauipe, passando por áreas famosas, como a da Praia do Forte e Imbassaí (ambas estão a cerca de uma hora do aeroporto). São ao todo 76 quilômetros percorridos pela BA-099, que ganha o nome de Estrada do Coco nos primeiros 50 quilômetros e depois passa a chamar Linha Verde.

Onde ficar

Cada trecho da Costa dos Coqueiros tem suas particularidades e abriga diferentes resorts e hotéis. Na Praia do Forte, por exemplo, algumas das opções são Iberostar Praia do Forte, o Tivoli Ecoresort Praia do Forte. Já em Imbassaí há o Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa. Já em Guarajuba, está o Vila Galé Marés. Além disso, há as diversas opções de hospedagem do complexo Costa do Sauípe. Vale lembrar que todos estão relativamente próximos uns dos outros, então basta se planejar para conhecer os diferentes cartões postais da região. 

Dica do especialista

Para conhecer de fato a Costa dos Coqueiros, vale a pena alugar um carro para explorar as diversas paradas da região - ótima ideia principalmente para quem viaja em grupo ou com a família. Assim, independente de onde escolher se hospedar, é possível planejar day trips e conhecer os principais cartões-postais de diferentes pontos desse pedaço da costa baiana.

Saiba como chegar
 
Cadastre-se em nossa Newsletter
OK
Cancelamento Gratis

Cancelamento Grátis

Consulte condições

Atendimento Whatsapp

Fale Agora

WhatsApp

(21) 99971-2120

Seg-Sex 9h às 18h

Voltar ao Topo
Fechar