Descubra Buenos Aires

Entre as maiores cidades da América do Sul, Buenos Aires é um destino queridinho dos brasileiros e tem motivos de sobra para isso. O cenário cultural é rico, tem belas praças e áreas verdes como Parque 3 de Febrero, além de boa gastronomia. Tudo isso com algumas vantagens adicionais: está pertinho de São Paulo, são apenas três horas de voo; e o Real costuma estar mais valorizado que o dinheiro local, o que ajuda no orçamento dos viajantes brasileiros.
  
Inaugurado em 1936 para celebrar os 400 anos de fundação da cidade, o Obelisco é um dos principais cartões-postais portenhos. Os visitantes provavelmente passarão diante dele mais de uma vez durante a viagem, afinal o monumento fica no cruzamento das célebres avenidas 9 de Julio e Corrientes.

Da intersecção entre as duas, poucos minutos levam a Plaza de Mayo, a praça mais antiga da cidade que testemunhou momentos importantes da política local: a Revolução do dia 25 de Maio de 1810, importante para a Independência do país, ocorreu aqui. E entre os endereços importantes emolduram a área estão a Casa Rosada (sede do governo) e a Catedral Metropolitana, edifício neoclássico onde o Papa Francisco realizou missas por mais de duas décadas.

Essas atrações estão em Monserrat que, junto ao bairro de San Nicolás, foi a primeira região a ser povoada em Buenos Aires. Ainda por ali está o imperdível Congresso Nacional, do comecinho do século 20, e o complexo arquitetônico Manzana de las Luces que dá um vislumbre de como era a capital antes da independência. A Iglesia de San Ignacio os túneis do século 17 estão entre os seus highlights. O Teatro Colón também é um endereços histórico interessante, afinal tem mais de um século de existência e é referência como palco para óperas e outras apresentações artísticas.
  
Simbolizado pela Puente de La Mujer, Puerto Madero, por outro lado, é o bairro mais jovem da cidade. A zona portuária foi planejada no fim do século 19 e, hoje, é um polo gastronômico e bom lugar para sair à noite: lá há vários restaurantes para provar a parilla (churrasco argentino) e casas de espetáculo especializadas em shows de tango.
 
Além disso, é nessa zona que está o Casino Puerto Madero, com mais de 1700 slots, 130 mesas de jogos, restaurante e área para shows. Ele funciona dentro de um navio e conta com quatro andares repletos de opções para quem quer apostar alguns pesos ou, simplesmente, conhecer suas coloridas instalações. Aliás, quem gosta de programas como esse também pode ir ao cassino do Hipódromo Argentino de Palermo que também tem diversas máquinas disponíveis em um ambiente agradável em um edifício mais histórico.

Outro cenário extremamente associado a capital da Argentina é o conjunto de fachadas e prédios coloridos do Caminito, no bairro La Boca. Cheia de artistas locais vendendo suas obras aos turistas e casais dançando tango em troca de algumas moedas, começou a ganhar os ares atuais na década de 50 por uma ação encabeçada por moradores área, entre eles o pintor Benito Quinquela Martín.
  
Ainda nessa região, outro ponto importante é o estádio La Bombonera. Casa do Boca Juniors, tem museu dedicado ao time, oferece visitas guiadas pelas arquibancadas e outras instalações, além de ser palco para diversas partidas de futebol.
  
No quesito compras, por anos, a cidade foi celebrada pelos produtos de couro. De fato, há muitas lojas vendendo casacos, bolsas e outros itens feitos com o material, mas a capital portenha também tem diversas marcas vanguardistas argentinas. Um passeio pelo bairro do Palermo, com seus endereços cool deixa isso bem claro.
  
O bairro da Recoleta – onde fica o cemitério em que a ex-primeira-dama Evita Perón está sepultada – é mais elegante, sua arquitetura inclui palacetes, há zona comercial com estabelecimento sofisticados, centro cultural e uma bela igreja
  
Para quem quer gastar, parada bastante popular é a Calle Florida, repleta de lojas de todos os tipos.  Além disso, no seu cruzamento com a avenida Cordóba, está o shopping Galerias Pacifico que tem 150 lojas instaladas em um prédio histórico. Mesmo sem sair cheio de sacolas, vale a pena passear por ali para observar as pinturas que adornam o teto.
  
Assim como o centro comercial, a El Ateneo Grand Splendid é mais do que um espaço de compras, ostentando também o status de cartão-postal. Ela está localizada em um antigo teatro e tentou preservar as instalações originais, adaptando-as. O café, por exemplo, funciona no palco.
  
San Telmo é uma região que não pode faltar no roteiro. Seu ponto central é a Praça Dorrego, rodeada por casarões do século 19 que hoje são cafés, antiquários e restaurantes. É lá que, aos domingos, acontece a famosa feira de antiguidades e artesanato.
  
Em meios as vigas, arcos e colunas de metal preservadas do desenho original de 1897, o Mercado de San Telmo também se destaca vendendo de especiarias, frutos e condimentos a artesanato e souvenires. Além disso, ali pertinho, na calle defensa,  estão as fotografadas estátuas da Mafalda, Manolito e Susanita: personagens das famosas tirinhas do argentino Quino.
  
Para deixar a viagem completa, Buenos Aires ainda tem ótimos museus, como o Malba, dedicado a artistas latino-americanos do século 20 – Frida Kahlo e  Tarcila do Amaral, por exemplo –, e o Museu Nacional de Bellas Artes com obras de Goya, Picasso entre outros.
 
A gastronomia é um dos destaques da cidade. Você encontrará ótimos vinhos com preços para todos os bolsos, churrascos com carnes especiais, além das famosas empanadas. Deixe um espaço na sua mala para trazer os deliciosos doces de leite e os tradicionais alfajores.
 
E, se sobrar um tempinho depois de conhecer todos os encantos portenhos, vale a pena esticar a viagem até a cidade de Tigre, a cerca de 30 quilômetros da capital. Charmosa e repleta de prédios históricos (alguns com linhas vitorianas), ela convida a caminhadas ao ar livre. Contudo, seu grande atrativo é o passeio pelo Delta do rio homônimo ao destino, o Tigre: há diversas opções de embarcações, das menores a alternativas bem sofisticadas, para quem quer observar a paisagem local sobre as águas.  

Galeria de Imagens

Melhor época para viajar

Com temperaturas amenas em todos os meses e média de 18oC, Buenos Aires é um destino para ser visitado em qualquer época do ano. As temporadas de chuvas são no outono e na primavera, ou seja, entre março e junho e de setembro a dezembro. Contudo, normalmente são pancadas rápidas e o visitante consegue aproveitar o dia mesmo assim.  

Como chegar

Quem vai a Buenos Aires pode chegar por dois aeroportos, o Aeroparque Regional Jorge Newbery e o Aeroporto Internacional Ministro Pistarini (ou Ezeiza). Assim como acontece em grandes cidades brasileiras, um está dentro da cidade e outro pertence a região metropolitana. O Aeroparque Regional Jorge Newbery fica pertinho do centro, a 8 quilômetros do Teatro Colón, a 9 quilômetros da Plaza Mayo e a 10 quilômetros do Congresso Nacional. Já o Ezeiza fica a 30 quilômetros de San Telmo, a 31 quilômetros do Obelisco e a 32 quilômetros do Caminito.   

Onde ficar

Buenos Aires tem mais de 60 mil leitos disponíveis, mas ao contrário do que acontece em várias cidades turísticas, não concentra as melhores opções de hospedagem na mesma região. Moonserrat e San Nicolás, os bairros mais antigos, reúnem os pontos históricos e podem ser uma boa opção para quem quer passear a pé por ali, desde o hotel. Seguindo essa mesma perspectiva, outra alternativa é San Telmo. Já Palermo é uma área mais descolada com bons bares para bater papo. O bairro da Recoleta é mais sofisticado, portanto é por lá que estão os hotéis portenhos refinados.  Quem se hospeda em Puerto Madero tem fácil acesso aos restaurantes e burburinho noturno da região à beira do Rio de La Plata. 

Dica do especialista

Os restaurantes do Puerto Madero são uma delícia para um jantar a dois. Há desde opções com a tradicional parrilla, até bistrôs franceses e rodízio japonês. Caminhar pelo calçadão é uma gostosa pedida após o jantar.

O bairro de Palermo possui também diversas opções de restaurantes. Um dos destaques é o La Cabrera, tão famoso pela parrilla que serve que abriu uma filial no Rio de Janeiro.

Saiba como chegar
 
Cadastre-se em nossa Newsletter
OK
Cancelamento Gratis

Cancelamento Grátis

Consulte condições

Atendimento Whatsapp

Fale Agora

WhatsApp

(21) 99971-2120

Seg-Sex 9h às 18h

Consultoras Online

ou se preferir

Consultoras Online

Voltar ao Topo
Fechar