Descubra Rio de Janeiro

Seja por suas praias, povo simpático ou cultura cheia de bossa, o Rio de Janeiro está no imaginário das pessoas e é o principal cartão de visitas do Brasil. Tanto que Chico Buarque, Adriana Calcanhoto, Tom Jobim, Tim Maia e inúmeros outros artistas já usaram seu talento para homenagear a capital fluminense em canções. Afinal, não é por acaso que conquistou o título de Cidade Maravilhosa.

Clichê ou não, a verdade é que a estátua do Cristo Redentor, inaugurada em 1931 depois de cinco anos de trabalho do engenheiro Heitor da Silva Costa, é um dos principais símbolos cariocas. Diariamente, milhares de pessoas sobem 710 metros acima do mar para admirar a imagem de braços abertos sobre a baía de Guanabara.

O Pão de Açúcar é outro ponto muito associado ao Rio. A explicação para o seu nome é um tanto controversa, mas a mais popular afirma que o título surgiu no auge da produção da cana, entre o séculos 16 e 18, pois os produtores usavam formas para armazenar blocos de açúcar que se assemelhavam ao morro.  Inaugurado em 1912, o famoso bondinho também para no Morro da Urca antes de chegar ao seu topo. Ele foi o primeiro teleférico do Brasil e já levou mais de 40 milhões de pessoas.   

Completando a listinha de cartões-postais, as praias de Copacabana e Ipanema não poderiam faltar. Conhecida pela calçadão preto e branco em formato de ondas, a primeira tem ciclovias, bares e restaurantes badalados dia e noite. E, no réveillon, recebe cerca de três milhões de pessoas para a virada de ano. Além disso, em cada extremidade da praia, existe um Forte Militar aberto a visitação – ambos tem belas vistas panorâmicas.

Já Ipanema foi eternizada por Tom Jobim com os versos “Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça” da canção Garota de Ipanema. De fato, a orla está cheia de gente jovem e bonita. E, nos arredores do posto 9, é o point LGBT. No fim da tarde, é no alto da pedra do Arpoador, dividindo Ipanema e Copacabana, que muitos esperam para ver o pôr do sol.

Mais as praias cariocas, obviamente, não acabam por aí. A Barra da Tijuca tem mais de 14 quilômetros de comprimento com trechos bons para a prática de surfe e windsurfe. Tem também área de São Conrado, que compreende a praia do Pepino, e é famosa como ponto de aterrisagem de asa deltas. Entre os morros do Pão de Açúcar e da Babilônia, a pequena Praia Vermelha costuma ser menos movimentada. Já as praias do Recreio, do Pontal, da Macumba, do Abricó e Prainha estão entre as que tem águas mais limpas do Rio. Elas fazem parte da área conhecida como Recreio dos Bandeirantes, no final da avenida Lúcio Costa.   

E quem curte natureza ainda pode se aventurar em trilhas bacanas, como a que leva ao topo da Pedra da Gávea, a 844 metros, e exige pelo menos três horas de caminhada. Uma opção mais simples é caminhar, andar de bike ou patins no Aterro do Flamengo, que vai desde o Aeroporto Santos Dumont até a praia de Botafogo. Ou então ir até a Lagoa Rodrigo de Freitas, onde cariocas e turistas vão se exercitar no final da tarde.
  
Para ver mais da vertente histórica, vale ir a região central. Ela guarda grande parte do legado arquitetônico do destino que foi capital do Brasil, entre 1763 a 1960. Um dos destaques é a praça Quinze de Novembro, que abriga o Paço Imperial, do finalzinho do século 17. A construção que serviu como residência da Família Real, no século 19.

O roteiro deve incluir ainda o Theatro Municipal, inspirado na Ópera de Paris; a Igreja de Nossa Senhora da Candelária de bela fachada, vitrais alemães, enormes púlpitos art nouveau e decoração renascentista; a Fundação Biblioteca Nacional que, além do acervo celebrado pela Unesco, funciona em um prédio admirável da avenida Rio Branco.
  
E, quem tem pique pode acabar o dia na Lapa, o pedacinho mais boêmio da capital carioca. É uma bairro democrático que abriga a casas de shows Circo Voador (atrás dos famosos Arcos da Lapa), o centro cultural Fundação Progresso, bares e restaurante. Tem rock, samba, pop e pagode, porque independente do estilo, todo mundo se encontra no Rio de Janeiro. 

Melhor época para viajar

O Rio de Janeiro registra o maior número de visitantes durante o verão, época em que as temperaturas podem chegar a 40ºC e também quando acontece os principais evento da cidade: Réveillon e Carnaval, grandes chamarizes turísticos. No restante do ano, as praias e atrações como o bondinho do Pão de Açúcar e o Cristo Redentor continuam disputadas, afinal o turismo segue forte mesmo no inverno, que tem mínimas abaixo da casa dos 20oC.

Como chegar

O Rio de Janeiro tem dois aeroportos. O Santos Dumont fica no centro carioca, a 10 quilômetros de Copacabana, 11 quilômetros do Cristo Redentor e a 12,5 quilômetros do Parque Lage. A outra via de chegada é o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro-Galeão, ou Tom Jobim, que está na ilha do Governador, a 16,5 quilômetros do centro carioca. Para o Pão de Açúcar são 24 quilômetros e até Ipanema, 23 quilômetros. 

Onde ficar

Ficar perto da praia é sempre uma vantagem, então o importante é entender qual enseada se adequa mais ao perfil do turista. A região de Ipanema e Leblon, por exemplo, é mais nobre e isso se reflete no valor das diárias. Já Copacabana é uma das áreas com mais alternativas de hotéis – de hostel a cinco estrelas – e conta com várias lojas e restaurantes. A Barra da Tijuca também tem boas opções, mas é uma área afastada e o acesso aos principais cartões-postais cariocas é um pouco complicado. E quem não faz questão de estar perto da orla pode optar pelo charmoso bairro de Santa Teresa, na região central.

 

Dica do especialista

Passar uma tarde na Lagoa Rodrigo de Freitas é muito agradável. Além do visual lindo, há opções de lazer para todas as idades, como passeios de pedalinhos e bicicleta. Uma dica é fazer um piquenique ou mesmo comer e admirar a natureza em umas das diversas opções de restaurantes bacanas por lá.   

Como em qualquer lugar, principalmente em capitais, fique sempre atendo aos seus pertences.

 
Cadastre-se em nossa Newsletter
OK
Cancelamento Gratis

Cancelamento Grátis

Consulte condições

Atendimento Whatsapp

WhatsApp

(21) 99971-2120

Seg-Sex 9h às 18h

Consultoras Online

Consultoras Online

Voltar ao Topo